CREA-AM

Atualizado em 18/10/2018 - 10h30

Fim do primeiro dia do Colégio de Presidentes

O primeiro dia da reunião, debateu e aprovou pautas relevantes para os profissionais de engenharia e agronomia.

O primeiro dia da 5ª Reunião Ordinária do Colégio de Presidentes do Sistema de Conselho Federal e Regional de Engenharia e Agronomia (Confea/Crea), que teve início na manhã desta quarta-feira (17), debateu e aprovou pautas relevantes para os profissionais de engenharia e agronomia. O encontro, que acontece em Manaus por meio do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Amazonas (CREA-AM), reúne 27 representantes de entidades do país. 
 
Entre as pautas, o Colégio se manifestou acerca da Deliberação CCSS - 0144/2018 e 0145/2018 - para cobrança das anuidades, serviços e multas, bem como valores de taxas de serviços de ART a serem pagos pelas pessoas físicas e jurídicas - Exercício de 2019. A proposta, votada pelos representantes de cada estado, define que a taxa de anuidade pode ser parcelada  em 5 vezes iguais e sucessivas do valor integral, acrescido 20% sobre a integralidade do valor, a título de mora, diluído no parcelamento para aqueles que parcelarem a partir do dia 1º  de abril. 
 
O inadimplemento realizados antes do dia 31 de março de 2019 incidirá a  taxa administrativa do CREA em questão para a reemissão do boleto.  é a Além disso, ficou definido ainda que ocorrendo o inadimplemento de qualquer parcela após o dia 31 de março, sob esta mediará a multa moratória de 20% sob a parcela vencida. 
 
Segundo o coordenador do Colégio de Presidentes, Francisco Antônio Silva de Almeida, esses são os principais pontos da proposta apresentada pelo CREA-GO e modificada com os demais presidentes que participam do encontro. “Essa definição precisava sair desta reunião por conta da proximidade do fim do ano e do avanço para as novas taxas”, explicou. 
 
 
Mudanças 
 
Outro proposta aprovada neste primeiro dia de encontro foram as alterações das Resoluções 1075/2016. O Fórum de Presidentes da Região Sul propôs a retirada da vedação de participação em Editais de Chamamento Público as Entidades de Classe que tenha como dirigentes Conselheiros dos Creas. Agora, também serão incluídas atividades junto aos acadêmicos como objetivos específicos da Resolução 1075/2016-Confea permitindo que haja propostas específicas e exclusivas para se atingir acadêmicos. O Forum propôs e aprovou a inclusão de atividade específica de gestão e fortalecimento das Entidades de Classe de Profissionais de Empresas Registradas no Sistema com objetivos específicos da Resolução. 
 
As propostas aprovadas no Colegiado serão deliberadas pelas comissões permanentes do CONFEA e após, seráo apreciadas  pelo Plenário do mesmo.
 
 Abertura
 
O evento irá até a próxima sexta-feira (19). Durante a abertura, o presidente do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Amazonas (CREA-AM), engenheiro civil Afonso Lins, ressaltou que o encontro tem como objetivo definir o funcionamento do Sistema Confea/Crea. “Além disso, vamos aqui votar pela uniformização de procedimentos, sempre em busca da eficiência e da eficácia do Sistema e também sobre o posicionamento diante de temas relacionados às profissões fiscalizadas a integração e desenvolvimento do Sistema Confea/Crea", afirmou Afonso.
 
 

 

Assessoria de Comunicação Crea-AM

compartilhar: compartilhar no facebook   compartilhar no twitter



Veja mais

25/04/2019
Crea-AM se reúne com bombeiros e lideranças empresariais na sede do governo
24/04/2019
Crea-AM participa de fiscalização no IC e no IML em Manaus
24/04/2019
Ibape-AM oferece curso de Cadastro Multifinalitário
24/04/2019
Crea-AM prepara abertura de inspetoria na zona leste de Manaus
16/04/2019
Crea-AM e Ipaam discutem atualização do Termo de Cooperação
16/04/2019
Crea-AM participa de reunião das Câmaras Especializadas de Engenharia Industrial em Brasília
16/04/2019
Crea-AM participa de evento do Abril Verde da empresa Harman, no Distrito Industrial
16/04/2019
Expediente do Crea-AM será reduzido nesta quinta-feira
16/04/2019
Ipog promove Workshop gratuito sobre Licitações, Contratos e suas Controvérsias
15/04/2019
Nota de Esclarecimento